sexta-feira, 9 de janeiro de 2009

TU




Chegas de mansinho...

Sem avisar...

Beijas-me o pescoço...

Sabes o que isso faz, não sabes?

Abraças-me assim...

Por trás...

Não deixando espaço...

Fazendo-me sentir o teu corpo,

O volume do teu desejo...

Saber-te assim sedento de mim,

Excita-me...

A tua respiração na minha nuca

Acelera o bater do meu coração...

Volto-me...

Para descobrir de novo

O gosto dos teus lábios...

Que feitiço nos torna assim,

Tão eternamente sedentos

Um do outro?

Na urgência do momento,

Elevas-me...

E, como duas peças de puzzle

Que se encaixam e completam,

Tornas-me tua...

1 comentário:

  1. Deixei um desafio para ti no meu blog... passa por lá!

    bjoca longa e doce

    ResponderEliminar